NEWS

MARCHA PELOS DIREITOS DOS REFUGIADOS !

“A EUROPA UNE-SE PELOS REFUGIADOS
Porque vemos e sentimos, não podemos calar….
No dia 27 de Fevereiro, os cidadãos europeus vão reunir-se pelos direitos humanos dos refugiados.
Neste dia, vamos exigir a todos os países membros da EU:

-Criação de rotas seguras (#SafePassage). Queremos que os líderes europeus providenciem rotas seguras e legais para os refugiados, para que estes consigam chegar à UE e requerer asilo sem terem de atravessar o mar em barcos sobrelotados ou andar centenas de quilómetros a carregarem os seus filhos e todos os seus pertences. Requerer asilo é um direito humano e ninguém deve morrer na tentativa de alcançar um refúgio seguro;

-Sem confisco de bens: em vez de terem de entregar as suas poupanças aos traficantes e aos governos que aprovaram a lei do confisco de bens, possam gastar o dinheiro que amealharam e que consigo trazem, fruto de uma vida de trabalho, venda de bens e poupanças, no começo de uma vida nova na Europa;

-A criação de pontes aéreas, que permitem por em prática a reinstalação: este é um mecanismo das Nações Unidas, foi criado para proteger os refugiados mais vulneráveis, incluindo sobreviventes de tortura e pessoas que se encontram em situações que requerem cuidados médicos urgentes. Este sistema permite que as pessoas viajem para outros países, normalmente de avião, e se instalem aí de forma segura. Na era das companhias aéreas low cost e recursos modernos de triagem consular, estas viagens perigosas não são necessárias;

-Vistos humanitários: muitos refugiados não têm todos os documentos que são necessários para obter um visto normal para viajarem entre países. Ao ser-lhes concedidos vistos humanitários, os países da UE podem, assim, permitir aos refugiados que viajem em segurança e requeiram asilo à chegada ao espaço europeu. Os vistos humanitários iriam também acabar com os mercados de contrabando;

-Reunificação de famílias: Este mecanismo permite aos refugiados que se encontram fora da Europa reunirem-se aos familiares que já estão na UE. Por que razão se vai obrigar alguém a fazer uma viagem longa e perigosa se ela já tem família na Europa que lhe pode dar apoio (?);

-Pessoas que tenham uma solicitação de refúgio válida, nesta triagem inicial, devem ser beneficiadas por um massivo programa de recolocação, com a participação obrigatória de todos os Estados-membros da EU;

Estas pessoas estão a fugir da morte.
Não podemos assistir passivos à sua morte, mesmo em frente dos nossos olhos!
Não podemos permitir que sejam mantidos em campos com condições desumanas, quando apenas procuram liberdade e segurança! Não podemos ver a nossa Europa desmoronar!
Não podemos deixar como seres humanos!
VAMOS EXPRESSAR A NOSSA PREOCUPAÇÃO BEM ALTO PARA QUE TODOS OS ESTADOS MEMBROS DA EU A OUÇAM! ”

mais em :
ppl.com.pt/pt/causas/dare-to-care

Leave a comment

Your email address will not be published.


*