NEWS

CRIATURA, UM NOVO RESTAURANTE COM ALMA PORTUGUESA

 O Verride Palácio de Santa Catarina tem um novo restaurante. Chama-se Criatura e assenta na cozinha portuguesa com fortes influências dos territórios ultramarinos por onde os descobridores passaram.

Para quem não sabe, o  MARAVILHOSO Verride Palácio Santa Catarina, cuja origem remonta ao século XVIII, é um boutique hotel com 19 quartos, onde se destacam os elementos arquitectónicos introduzidos pelo Conde de Verride. Daí o seu nome (Verride).

Já o nome do Restaurante, Criatura, é uma alusão ao Adamastor, o gigante da mitologia greco-romana, mencionado por Camões, nos Lusíadas, e que representa as tormentas no Cabo da Boa Esperança, onde os nossos heróis portugueses se tiveram de bater. Só que, neste Criatura, o objectivo é criar um lugar de convívio, seja para um almoço de trabalho, um jantar informal, uma refeição a qualquer hora do dia ou apenas para petiscar e beber um copo de vinho . Tem uma sala principal, outra com uma mesa gigante super gira para um grupo de amigos junto ao bar,  uma mezzanine e  ainda com uma esplanada para os dias quentes que aí vem.  O espaço fica na arcadas do palacio e está decorado com fotografias a preto e branco, em grande formato, da colecção Portrait, do fotógrafo britânico Bridget Jones. Quem foi ao Museu Berardo até já as deve ter visto, porque que fizeram parte de uma das suas exposições de abertura. Só para ficarem com uma ideia, as fotos dos actores Anthony Hopkins e Kevin Spacey estão lá no restaurante. Um must!

 

Como eu gosto de sítios com vida, porque isso os torna mais cosmopolitas, acredito que este tipo de espaços de luxo devem ter zonas mais acessíveis. Mas, claro, sempre num nível de qualidade igualmente elevados. Quando digo acessíveis, quero dizer também mais descontraídos. Por exemplo, nos hotéis internacionais de referência, já é muito comum as pessoas locais ou de visita os frequentarem só para beberem um copo ou irem ao restaurante. Aí assenta como uma luva este Criatura que vem fazer companhia ao  gastro-bar Suba, o primeiro restaurante do hotel  de alta cozinha com uma experiência gastronómica completamente diferente e uma vista inacreditável (mas este fica para um próximo post).

 

O Chef Bruno Carvalho, responsável por ambos, pensou para o Criatura uma carta com pratos tradicionais, que se apresentam de forma contemporânea. Os que experimentei e adorei: sopa do mar, camarão com malagueta e alho, bacalhau lascado com puré de grão e pack choi (o meu favorito, estava perfeito) . Depois, terminei com um leite-creme de cumaru com gelado de tomilho e limão.

Mas o Criatura tem muito mais para deixar de água na boca os amantes de comida portuguesa. Destaco os pipis à moda de Lisboa, o pica-pau de novilho, o polvo à lagareiro e até a tão típica posta mirandesa, com batata frita e grelos. Como vêem, aqui podem regalar-se com o que há de mais típico na nossa gastronomia e, quanto a mim, a um preço muito justo, tendo em conta a refeição e o serviço irrepreensível.

Sugestão : Quando forem ao Criatura subam ao rooftop do palácio para um cocktail e deixem se surpeender pela vista 360 de cortar a respiração.

Bemyguest!

Bárbara Taborda

CRIATURA

Rua de Santa Catarina 1 – Lisboa

www.verridesc.pt/restaurants/